ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2005
O QUE OS FAMOSOS DIZEM DE BOCAGE
« DOUTAS SENTENÇAS »


“O idioma de Camões subiu nas mãos de Bocage a tal grandeza e majestade que nunca houve segundo tipo que se lhe equiparasse.”

Barreto Noronha

“Ardia-lhe no íntimo o facho da luz claríssima do ideal, ele apercebia o fundo real de todos os fenómenos, a mentira, e a mistificação da Vida em contraste profundo com o caminho direito. Amou a Liberdade no sentido mais amplo da Liberdade”.

João Homem

“Mas o nome e o talento que o aureolavam, perpetuando os séculos, será para todas as gerações como um facho luminoso, incandescente, grito vibrátil e perene, que terá o suave feitiço de as extasiar”.

Martins Ferreira

“Não se admite que Bocage, o maior poeta português a seguir a Camões, ande assim abandalhado por tantas bocas”.

António dos Santos Matos

“Setúbal realmente deve orgulhar-se de ser a pátria de Bocage e creio que depois de Lisboa – a Pátria de Camões – nenhuma contém nos seus fastos uma tão grande glória”.

Fernando Martins

“ ( … ) a composição a que ele se dedicou com uma admirável felicidade é a dos Sonetos, onde desenvolve uma sensibilidade ardente e profunda, e um talento poético que o faz olhar como inimitável naquele género”.

Borges de Figueiredo

“ ( … ) a luz fulgentíssima desse talento preclaro, desse estro fecundo ( … ) aquele que deveria ser para Setúbal uma das suas mais puras glórias ( … ) “.

J. Rosa Martins

“ Bocage deixou uma Obra como talvez nenhum poeta português, que, além de vasta, é do mais fino sentimento. ( … ) Bocage foi grande demais para a sua época, e parece sê-lo ainda para a nossa”.

Augusto da Silva e Cunha


“ Se a data de 10 de Junho é justamente comemorada, também Bocage merece da Pátria o respeito devido ao grande português e escelso poeta que também incontestavelmente foi”.

Zacarias da Silva

“ ( … ) desse que foi, sem a menor sombra de dúvida, uma das nossas grandes figuras literárias”.

Nuno Beja

“ Grande demais para a época em que viveu essa águia de extraordinária envergadura, capaz de remontar as maiores altitudes. ( … ) É necessário que se faça inteira justiça a Bocage, dando-lhe o lugar, que de direito lhe pertence, entre os maiores poetas portugueses”.

Manuel de Padilha

“ No actual momento histórico, em que a Arte presta o seu valioso concurso a grande causa da humanidade, vem muito a propósito dedicar algumas linhas à memória do maior poeta do Século XVIII “.

Bento Faria


Testemunhos publicados em
O ARAUTO DE BOCAGE, Nº 83 / 84, de
Nov. / Dez. de 2004


publicado por assismachado às 16:00
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds