ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008
A TRIBUNA DOS POETAS - AMÉRICA MIRANDA E CONCHITA MACHADO

SILÊNCIO NA MINHA RUA

 

Por
América Miranda

 


Na rua da minha ausência
há zéfiros a pairar
há fantasmas de inocência
e emoções a sangrar.

 

Silêncio que é céu aberto
Firmamento sem luar
quando meu coração desperto
bate, bate, sem parar.

 

Na rua do meu tormento
há gritos de mulher feita
há risos, há sofrimento,
pedaços de alma desfeita.

 

Também há gargalhadas
soltando enorme alegria
mas são mágoas disfarçadas
que rolam dia após dia.

 

Silêncio da minha rua
para mim tão especial
lembra pedaços de lua
em dias de vendaval.

 

São vendavais de emoções
são pedaços de ilusões!


*

 

ESTE AZUL ...


Por
Conchita Machado

 


Mergulha e não regressa
parece ausente
não se encontra.
Jamais se encontrará
de se perder contigo.
Claro silêncio!...
Em seus braços
desenha mistérios
num azul intenso...
Vagueando
no infinito
em fértil oração!...


*



publicado por assismachado às 20:36
link do post | comentar | favorito

CAMINHOS DE SABEDORIA – A PALAVRA DOS PENSADORES

 

( 1533 - 1592 )

 

- MONTAIGNE : “O tempo é o remédio soberano para as nossas paixões. Apresenta à nossa imaginação assuntos sempre novos, que apagam as antigas impressões, por mais profundas que sejam”...

 

- LA BRUYÈRE : “Não se vai longe na amizade se não houver disposição de perdoar os defeitos do outro”.

 

- DOS SETE SÁBIOS : “A ignorância é intolerável ( Tales ) ; Seja moderado na prosperidade e prudente na adversidade ( Periandro ) ; É sabedoria conhecer o momento oportuno ( Pítaco ) ; Os homens são maus na sua maior ( Bias ); A moderação é a melhor arma ( Cleóbulo ) ; Está apto a comandar quem aprendeu a obedecer ( Sólon ) ; Conhece-te a ti mesmo ( Quílon ) “.

 

 



publicado por assismachado às 20:23
link do post | comentar | favorito

Domingo, 11 de Maio de 2008
A TRIBUNA DOS POETAS - BENJAMIM E GRACIETT VAZ

 


            O ESPELHO

 

                    Por
             Benjamim


Olhei-me no espelho e pensei
“porque estou eu a chorar?”
Choro porque não te tenho
e não te consigo encontrar.


Choro porque sofro
choro por te amar
por mais que tente
por mais que pense
meu coração é triste
mas ele não mente.


Procuro e sempre procurarei
procuro por ti
admito que errei.


Tenho medo,
medo de sofrer,
medo da vida,
medo de amar e perder.

 

*

FUI LOUCA


Por
Graciett Vaz


Julguei as tuas mãos pombas lindas
trazendo no bico o mel dos teus beijos
e também viriam a saciar os meus desejos
envolvendo-me num abraçar de asas infindas.

 

Julguei-as quentes, puras e ditosas
num gesto louco endoidando meus sentidos
poisando dia a dia nos meus lábios tão feridos
o mais puro mel de brancas rosas.

 

Vi-as erguendo castelos em redor
onde tudo seriam Primaveras a florir
e eu a rainha eleita do teu amor.

 

Acreditei ser o guia para eu poder seguir
até alcançarmos um dia a corte do Senhor
Imaginei-as, fui louca, mas ainda sei sorrir.


*



publicado por assismachado às 08:28
link do post | comentar | favorito

A TRIBUNA DOS POETAS - AUGUSTO VIVEIROS E EUGÉNIA CHAVEIRO

A NOITE DO MEU BEM


Por
Augusto Viveiros


O luar exibiu-se esplendorosamente
as estrelas vestiam-se de brilhantes
uma brisa amiga soprou novamente
o ambiente banhou-se com espumantes.

 

O panorama reflectiu-se no Firmamento
convidando com amor as nossa presença
as flores cantaram e bailaram docemente
a última serenata romântica como prenda...

 

O céu recriou-se de azul para nós,
solicitando que ficássemos sós,
envoltos em todo aquele encanto.

 

Tudo surgiu como num conto de fadas
recreando amorosamente nossas almas
aquela era a noite do meu bem, entretanto!...


                               *

 

NÃO SOMOS DONOS DE NADA


Por
Eugénia Chaveiro

 


A Humanidade anda cega
não olha o que tem de valor
há tanta falta de amor
que a natureza renega...

 

Primeiro está a ambição
não importa que o vizinho,
que também tem coração,
tenha fome ou falta de carinho.

 

Tem bom carro, boa casa -
sujeito com boa vida
enche a minha medida –
mas no seu lar não tem brasa...

 

A brasa que nos aquece,
mesmo que o dinheiro escasseie,
não esqueçamos da Lei
que de nada se compadece...

 

Essa Lei que está escrita,
numa linha paralela,
É bem certa e é de Deus...

O mundo só acredita nela
e sente os desígnios Seus
quando surge uma Desdita!


                       *



publicado por assismachado às 08:13
link do post | comentar | favorito

A SENTENÇA DOS SÁBIOS

 

 

 

 

ZENÃO ou ZENON - De Cítium ( 333 - 264 ), percursor

do pensamento estóico. Na sua esteira aparecerão o

latino Seneca e o oriental Marco Aurélio.

 

 

FRASES SOLTAS


- ZENON : “Um amigo é um outro nós”

 

- BARBEY D’ AUREVILLY : “As paixões fazem menos mal que o tédio, pois elas tendem a diminuir e ele a aumentar”

 

- LA ROCHEFOUCAULD : “Se resistimos às nossas paixões, é mais pela sua fraqueza que por nossa força... As paixões são os únicos oradores que sempre persuadem”.

 

- BALZAC : “O amor é a única paixão que não admite nem passado nem futuro”.

 

- JUAN LOUIS VIVES : “Não esperes que teu amigo venha revelar a necessidade em que se acha; cumpre-te farejá-la e ir ao seu encontro para ajudá-lo. Dispensa as explicações quando o que te pede é justo; cede-lhe sem pesar, antes mesmo que termine de pedir”.


*

 



publicado por assismachado às 07:51
link do post | comentar | favorito

A TRIBUNA DOS POETAS - ANTÓNIO SALA E ARMANDO DAVID

PODER MEDIEVAL DE TODOS OS SÉCULOS

 

Por
António Sala

 


Coloco armadura
e puxo da espada.
Cavalgo corcel
de arreios de prata.


Tenho três castelos,
domino montanhas
mas, de certos homens,
desconheço as manhas.


Meu feudo é gigante,
sou senhor de mim
de prados sou dono,
de prados sem fim.


Já regressei vivo
de duas Cruzadas.
Matei mais de cem
a fio da espada.

 

Invadir meu mundo
ponte levadiça.
P´ra ver minha altura,
subam às ameias.


Mas só não consigo,
roubar aos meus homens,
e por mais que tente,
as suas ideias.

 

Se tiro armadura,
se largo da espada,
se solto o cavalo,
sou homem apenas
sou igual a todos:
invade-me o medo,
fogem-me os lacaios
e perco o Castelo.

 


António Sala
In “Palavras Despidas de Música”

 

*

 

PÔR-DO-SOL MARAVILHOSO


Por
Armando David

 


É ao entardecer
que a terra, em seu descanso
entrando na bruma
do escurecer
nos faz ver, em suma,
num encanto doce e manso
a fusão do sol com o sol ardente
e o beija languidamente,
num abraço terno.


Por fim, a terra enche-se
de carmim, tem a beleza de suaves tons,,.
resplandece a Natureza
em conjunto harmonioso.
É aguarela real, tem dons
da chama de uma brasa acesa
quando se dá
o pôr-do-sol maravilhoso.

 

*



publicado por assismachado às 07:42
link do post | comentar | favorito

A ÉTICA ALIMENTA A ALMA - PENSAR É PRÓPRIO DOS HOMENS!

PENSAR É PRÓPRIO DOS HOMENS

 


- Cumprimente a seus amigos com alegria


- Muitas vezes uma simples saudação alegre e espontânea conquista um coração e consola uma dor

- A saudação triste e acabrunhada pode instilar veneno num coração alegre


- Derrame alegria e bondade ao encontrar uma pessoa conhecida e já terá conquistado os benefícios de uma boa acção meritória


- Que seus amigos sintam o calor do seu coração afectuoso num simples cumprimento alegre.

 

...

 

- Trate com afabilidade a todos


- O vizinho que senta a seu lado na condução
não é seu inimigo, nem seu concorrente


- Trata-se, sempre, de seu irmão a quem você precisa acolher com toda a simpatia


- Não procure brigar com ele, para conquistar

maior conforto: dê você mais conforto a ele


- Mesmo, insensivelmente, você receberá de volta
as vibrações de gratidão do seu coração.

 

                                    ***



publicado por assismachado às 07:30
link do post | comentar | favorito

A TRIBUNA DOS POETAS - PERPÉTUA MATIAS E MARIA DE LOURDES AGAPITO

DÚVIDA

 

Por
Perpétua Matias

 


Há quem diga que não há Deus.
Quem o diz está doente,
não sabe o que diz ou mente
está cansado, deprimido,
falta de fé, incerteza,
porque está desiludido.
Deus é Amor, é grandeza.
Meu amigo, não te deixes iludir,
não dês confiança ao diabo,
com que ele se fique a rir...
Põe em Deus teu pensamento,
Ele é luz, sabedoria,
fez a noite, fez o dia,
estrelas no Firmamento.
Crê, amigo,
a falta de fé nos oprime,
só Deus é grande, sublime,
pôs nos céus esplendorosos,
na terra prados e flores,
Tudo fez para nos dar.
Meu amigo, meu irmão,
peço-te em oração,
pára, pára para meditar,
rogo, em brados!
Que cheguem da terra aos céus,
não digas
que não há Deus!

 

*

 

MIL VEZES

 

Por
Maria de Lourdes Agapito

 


Mil vezes te chamei amor
numa palavra pura, doce
com música cristalizada
no calor dos sentimentos.
Mil vezes te fiz feliz
com verdade e emoção
no flanco do voo da noite.
Mil vezes busquei
o mel das montanhas
para te oferecer
numa noite de núpcias
até ao amanhecer.

 

*
 



publicado por assismachado às 07:22
link do post | comentar | favorito

POETAS - REVELAÇÃO : FILIPE ROSA E RICARDO GONÇALVES

NATAL – DEUS-MENINO

 

Por
Filipe Rosa,
9.º Ano


Ó meu Menino Jesus
que vais nascer em Belém
vem nascer no coração
de nós humanos também.

 

Enche-nos com o Teu amor
ensina-nos a amar,
a viver em paz com os outros
e a sabermos perdoar.

 

Quanto aos ricos e vilões,
que julgam possuir o mundo,
mete nos seus corações
um amor grande e profundo.

 

Ensina-nos a repartir
com os mais pobres da terra
faz-nos a paz conseguir
e acabar de vez com a guerra.

 

Muito obrigado, Jesus,
por vires nascer em Belém
e pela Tua morte na cruz
ficámos pessoas de bem!

 

*


VISÃO NATALÍCIA

 

Por
Ricardo Gonçalves,
9.º Ano


Jesus nasceu. Na abóbada infinita
soam cânticos vivos de alegria
e toda a vida universal palpita
dentro daquela pobre estrebaria.

 

Sobre a palha, risonho e iluminado,
pelo luar dos olhos de Maria
vede o Menino Deus qu’ está cercado
dos animais daquela estrebaria.

 

Naquela noite sagrada
em que o Menino nasceu
Nossa Senhora cansada,
do caminho que venceu,
só pode encontrar pousada
no presepe dum judeu.

 

*



publicado por assismachado às 07:14
link do post | comentar | favorito

Sábado, 10 de Maio de 2008
OS AMIGOS DE ITÁLIA - GIOVANNI FORMAGGIO

                                                      LA VOCE DEL MAR

 

                                        di
                                        Giovanni Formaggio

 

 

Come ogni sera, madre, anche stasera
Ti lasci avvolgere dal tramonto
Consegni il tuo rosario al mare
Perche lo porti a tuo figlio.
Lo rivedi sgambettante tra gli ulivi
Il primo giorno di scuola
Il primo lavore
Quando la casa era una cattedrale felice.
Poi, l’ arrivo della guerra
Un’ onda di fuoco
Un dolore che ti consuma.
Come ogni sera, madre, anche stesera
Il tuo cuore lo riporta a casa
Tra braccia di fiori
Avvolto nel tricolore.
Guardi il cielo
Ne cerchi l’ anima con dolchezza infinita
Mente la luna ti sfiora
E le stelle brillano come lacrime.

 

( N. B. incisa sul monumento ai Caduti
del Mare di Pero )

 

*

A VOZ DO MAR

 

Por
Giovanni Formaggio

 

Como em qualquer noite, mãe,

também nesta noite
te deixo envolver pelo pôr-do-sol
confiando o teu rosário ao mar
para que o leve a teu filho.
Voltei a vê-lo imaginário

entre as oliveiras
no primeiro dia de escola
no primeiro dia de trabalho
quando a casa era uma feliz catedral.
Depois cheguei da guerra
numa onda de fogo
numa dor que te desgasta.
Como em qualquer noite, mãe,

também nesta noite
o teu coração o restituirá a casa
em braçadas de flores
envolto na bandeira.
Observando o céu
circula a alma com doçura infinita
enquanto a lua te acaricia
e as estrelas brilham como lágrimas.

 

( N. B. inscrito sobre um monumento aos
Perdidos do Mar de Pero )



publicado por assismachado às 20:24
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds