ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007
TESTEMUNHO DOS FAMOSOS
                                                  
                                             FRASIOLOGIA BOCAGIANA
 
Pedro Luis Pereira e Sousa : “O renome de Elmano passa pelo crisol da Posteridade”.
- (...) “Pois a figura de Bocage, de tão grande inspiração, de tão grandiosa, assumiu a nossos olhos proporções legendárias. É quase um ente fantástico”.
- (...) “Bocage não é o representante de uma nacionalidade, é o filho sublime de uma raça”.

Teófilo Braga : “É certo que o povo português só conheceu dois poetas pelos seus nomes. Camões e Bocage; não pelo que repita os seus versos, como os gondoleiros de Veneza as estâncias de Tasso ou os Romanos as canções de Salvador Rosa, porque em Portugal deu-se uma forte separação entre os escritores e o povo, mas porque Camões sintetiza o amor da Pátria, e Bocage o repentismo muitas vezes cínico das suas anedotas picarescas”.

Lord Beckford : “Verdeil trazia consigo o governador de Goa, D. Francisco Calhariz, e um pálido e esquisito mancebo, o senhor Manuel Maria, a criatura mais estravagante, mas por ventura a mais sui generis que Deus ainda formou”.
- (...) “Quando porém, começou a recitar algumas das suas composições, nas quais grande profundidade de sentimentos se alia com os mais políticos toques, senti-me estremecido e arrebatado. Pode-se dizer com verdade, que aquele estranho e versátil carácter possui o segredo de encantar, segredo que, ao grado possuidor anima ou petrifica um auditório inteiro”.

América Miranda : “Da arte de Bocage, fruíam razão e inteligência, sensibilidade e imaginação. Era um ser essencialmente harmonioso com uma obra de irresistível sedução”.

Maria de Lourdes Ferreira : “Setúbal sente orgulho de ter sido berço de um dos maiores poetas, pois Bocage jamais será esquecido. As gerações sucedem-se mas seu nome viverá eternamente”.


publicado por assismachado às 12:27
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds