ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2005
A GRANDE TERTÚLIA POÉTICA - "2º CENTENÁRIO DA MORTE DE BOCAGE"
Crónica de
Assis Machado

Finalmente, eis chegado o dia de todas as ansiedades. A Grande Tertúlia Poética surgiu, numa tarde radiosa de Verão vindimário. Nela, como que constituindo uma alegre vindima, acontece agora a colheita do que de melhor pode apresentar de si mesmo. E o melhor de si mesmo trata-se nada mais nada menos que a justíssima homenagem ao Grande Vate Setubalense. Homenagem esta, aqui e agora, dita e cantada pelos poetas de Lisboa.
Eram dezassete e quinze quando o Palco se animou sob a direcção esfuziante e competente de América Miranda. E com ela seguiram-se os testemunhos de artistas convidados. Entre eles os reconhecidos ases do teatro: Ruy de Carvalho e seu filho João de Carvalho que, com mestria e sentimento fizeram jus à qualidade emanada da essência da poiesis Bocageana. Toda a plateia apreciou as suas actuações. De seguida foi a vez do poeta Júlio Roberto que, com palavras sábias como é seu timbre, exaltou as exímias rimas de Elmano Sadino.
Subiram ao palco, para encantar os presentes o sempre dinâmico Humberto de Castro que, a karaoque, interpretou com bastante agrado dois temas de seu repertório, finalizando esta parte, com duas declamações de qualidade, a poetisa Graciett Vaz. Os dois foram muito ovacionados.
A partir desta altura América Miranda deu por iniciado um momento sempre apreciado de actuações líricas. Estiveram a cargo do tenor Manuel de Almeida e das cantoras Helena Mexia e Bia Banazol. Enquanto o primeiro interpretou, por playback, três conhecidas árias do lirismo italiano, estas fizeram-se acompanhar pelo experiente violista Armando Tito. O público aplaudiu com muito ênfase as suas prestações.
De seguida foi a vez da própria América Miranda e do poeta Frassino Machado que declamaram, com o máximo empenho, dois temas poéticos cada um, dedicando-os apropriadamente ao homenageado do dia: o grande Bocage.
Foi a vez, então, das poetisas tertulianas Celeste Reis, Maria de Lourdes Ferreira e Amélia Marques que, com muito brilho, declamaram alguns belos poemas para uma assistência que os ouviu e aplaudiu entusiasticamente.
Chegou a vez da apresentadora anunciar a chegada ao palco do conhecido Grupo de Jograis «O Seu Contrário». Composto este Grupo pelos artistas Cristina Strompa, Von Trina e Pedro Mulder, com sua viola, interpretaram alguns temas do seu qualificado repertório que mantiveram toda a plateia concentrada. No final, como era de esperar saíram muito ovacionados.
Evoluíram seguidamente, no palco, com agradáveis declamações poéticas os tertulianos Armando David, Eugénia Chaveiro, Mª de Lourdes Agapito, Perpétua Matias e Custódia Pereira, sendo as suas actuações, de permeio, abrilhantadas com uma interessante intervenção do cantor Francisco de Assis que, à viola, interpretou o conhecido tema de Fernando Pessoa “V Império”, com música de sua autoria. Todos saíram do palco debaixo de calorosos aplausos.
Chegou a vez de, novamente, ir a palco Humberto de Castro para animar toda a plateia com o tema “O que faz falta”, de José Afonso. O seu repto foi aceite e todos cantaram, acompanhando com palmas o referido cantor.
Para terminar esta memorável Sessão, e depois de agradecer a todos os presentes a sua sempre animada e estimada colaboração, bem assim o apoio gratificante de todas as entidades que estiveram presentes ou se fizeram representar, América Miranda chamou ao palco a maior parte dos tertulianos que, em uníssono com quase toda a plateia, cantaram entusiasmados - homenageando o egrégio Poeta - o Hino da Tertúlia.


Assis Machado


publicado por assismachado às 19:26
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds