ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Terça-feira, 23 de Novembro de 2004
A TRIBUNA DOS POETAS - América Miranda
À DERIVA

Por
América Miranda


Estou só no meio do ruído e da estupidez que grassa à minha volta.
Rostos alvares sem expressão humana, gargalhadas sem sentido, palavrões
saindo por vezes de bocas lindas, que foram feitas para beijar, para dizerem
frases belas, mas não, está tudo virado do avesso, tudo tão adverso ao mundo
em que fui criada, tão cheio de mimosas flores e que agora se apresenta
tenebroso e cheio de cruéis dúvidas.
Debato-me em angústias mil, perguntando ao meu Eu ansioso, se vale a
pena viver num mundo que não parece ser meu e no qual vagueio à deriva.
Sem ti, amor, nada parece real, nada me agrada e me preenche. Escrevo
porque amo a poesia, declamo porque a minha voz quer gritar aos quatro ventos a
beleza que vem da alma dos poetas, amo e enalteço Bocage precisamente por ele
ser diferente, ser único e só um desafio como este pode amaciar a dureza que
vem tomando conta do meu ser.
Tem piedade, Senhor, de um coração atormentado que se debate em vagas
alterosas, que quer ter paz mas só encontra solidão, tristeza e
incompreensão. Que luta tremenda vai na minha alma ! Será que sou feliz ?
Será que o finjo ser ? Quem sou eu, afinal ? Barco à deriva no mar que só
encontra porto seguro nos braços amantes e carinhosos da poesia e na fé
inabalável naquele Criador que me fez pensar, nos dias de intenso sofrimento,
que Se tinha esquecido de mim.
Vou abrir os braços à vida, ao sol, a todo o firmamento, para que os
dias que me restam na terra possam ser de relativa felicidade e que eu possa
levar sempre, àqueles que sofrem, um sorriso luminoso para que as suas vidas
sejam menos agrestes.
Senhor, ajuda-me a superar o turbilhão que vai na minha alma e a
conservar para sempre a fé indestrutível que tenho em Vós.


Lisboa, 16 de Novembro de 2004



América Miranda


publicado por assismachado às 14:23
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds