ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Segunda-feira, 3 de Abril de 2006
A TRIBUNA DOS POETAS - LOBO MATA E ARMANDO DAVID

DRAMA DE AMOR

Por
Lobo Mata

Determinado coloquei o dedo
Entre as chagas, na ferida
Estanquei o sangue com medo
Sem medo, dei vida!

Não sabendo porque o fazia
Toquei nos lábios rosados
Um sorriso que resplandecia.

Coloquei o dedo
na ferida.

O sangue parou
O corpo floresceu
O Mundo cantou.

Estanquei o sangue com medo!

Ainda que ele não corresse;
Deixei a mão esquecida
Para que a vida se não perdesse!

Dei vida!

Dei carinho, encanto
Fiel? Oh, espanto
Às vezes custou muito
Por vezes, custou tanto!

Coloquei todos os dedos
Nas chagas, na ferida
Estanquei o sangue sem medos
Dei! Ganhei! Nova vida!

Lobo Mata
In Escritos Meus II

A CULPA É DO PROGRESSO

Por
Armando David

O progresso, esse possesso, não perdoa
E os carros, no país, são aos milhões;
Já falta espaço, p' ra arrumar, nesta Lisboa
Mais uma eles inventaram, bom Camões.

O trânsito está um caos de confusões,
Arruma aqui e ali; arruma à toa.
E os "Sem Abrigo" , lá ganham uns tostões,
Que a profissão é lucrativa e boa.

E tu, que foste herói, audaz, valente
Viajaste por terras do Oriente
E o estro colocaste bem nas alturas.

Só porque um "parque" foi feito recente,
Passas a ter um destino bem diferente:
És promovido a guardador de viaturas.



publicado por assismachado às 11:53
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 4 de Abril de 2006 às 19:15
COMUNICAÇÃO

Permitam-me que vos anuncie um novo fórum de discussão para todos quantos amam a Arte nas suas mais diversas vertentes.

Como complemento ao universo bloguista, surge com um intuito que vai para além do mero comentário deixado no blog de eleição.

É, acima de tudo, um espaço de discussão onde o essencial é a partilha de conhecimentos, ideias e vivências inseridas no contexto artístico.

A filosofia, a literatura, a fotografia, teatro, pintura, entre outros, são os motes para que se dê asas ao espraiar dos muitos e interessantes, universos que por aqui se expandem.

A Tertúlia, como assim foi denominada, localiza-se em:

http://tertulia.iphorum.com

Sejam, desde já, bem vindos!

Tertúlia
(http://tertulia.iphorum.com)
(mailto:tertuliadasartes@gmail.com)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds