ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Terça-feira, 27 de Setembro de 2011
O SÉCULO DE BOCAGE

 

 

 GOETHE, Wolfgang - 1749 - 1832 

 

BIOGRAFIA 

 

Goethe era formado em Direito e chegou a actuar como advogado por pouco tempo. Como sua paixão era a literatura, resolveu dedicar-se a esta área. Fez parte de dois movimentos literários importantes: romantismo e expressionismo. Apresentou também um grande interesse pela pintura e desenho.

No ano de 1786 foi para a Itália, onde morou por dois anos. Neste período escreveu importantes obras como, por exemplo, Torquato Tasso (drama), Ifigênia em Taúrides (peça de teatro) e as Elegias Romanas.
Porém, sua grande obra foi o poema Fausto, escrito em 1806. Baseada numa lenda, esta obra relata a vida de Dr. Fausto, que vendeu a alma para o diabo em troca de prazeres terrenos, riqueza e poderes ilimitados.
Em 1806 casou-se com Christiane Volpius, que faleceu dez anos depois.
Escreveu também sobre temas científicos. Defendia uma nova explicação para a teoria das cores, em oposição à defendida por Isaac Newton. Demonstrou também grande interesse por botânica e pela origem das formas de vida (animal e vegetal). Alguns pesquisadores afirmam que seus estudos abriram caminho para o darwinismo e evolucionismo (teoria da Evolução das Espécies).

 

Principais obras de Goethe

 

- Götz von Berlichingen - 1773 
- Prometheus - 1774 
- Os Sofrimentos do Jovem Werther - 1774 
- Egmont - 1775 
- Ifigênia em Taúrides - 1779 
- Torquato Tasso - 1780 
- Reineke Raposo - 1794 
- Xenien (em conjunto com Friedrich Schiller) - 1796 
- Fausto - 1806 
- Hermann e Dorothea - 1798 
- Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister - 1807 
- Faust II – 1833

 

Frases célebres de Goethe

 

- "A idade não nos torna adultos. Não! Faz de nós verdadeiras crianças." 

-"Todas as coisas no mundo são metáforas." 

- "A igualdade nos faz repousar. A contradição é que nos torna produtivo." 

- "Coloquei a minha casa sobre o nada, por isso todo o mundo é meu." 

-"A alegria não está nas coisas: está em nós." 

- "A natureza do amor tem sempre algo de impertinente." 

- "Ninguém é mais escravo do que aquele que se considera livre sem o ser." 

- "O que cantamos em companhia vai de cada coração aos demais corações." 

-"Um homem de valor nunca é ingrato." 

- "O homem deseja tantas coisas, e no entanto precisa de tão pouco."

 

 



publicado por assismachado às 20:11
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds