ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Domingo, 25 de Setembro de 2011
OS AMIGOS DE ITÁLIA

    Giovanni Formaggio


RIVIVREMO L' ALBA                                                                            

De                                                                            

Giovanni Formaggio                                                

 

Torna com i tuoi occhi di vent                                  

com le tue labbra                                                     

nutrite dalle mie radici                                              

com il tuo corpo                                                       

che as di flamenco.                                                 

Com le tue tempestea                                             

la tua quiete.....                                                         

È porta verde                                                           

il sale che há bruciato le tue rose                            

e ti há visto fuggire....                                               

Torna al tramonto                                                                 

quando il sole incendia le case e il mondo.  

Stingerò forte le tue mani                                        

trascinerò la tua anima                                            

nell'infinito....                                                            

Insieme                                                                    

rivivremo l'alba delle nostre fedi nuziali                   

come quel giorno....

 

*

REVIVAMOS O AMANHECER        

                                  

Por

Giovanni Formaggio

Volta com os teus olhos de vento

com os teus lábios

alimenta-te das minhas raízes      

com o teu corpo

que tens de flamenco.

Com a tua tormenta

a tua bonança…                               

É porta verde

o sal que queimou as tuas rosas

e te viu fugir…

Volta ao pôr-do-sol                            

quando o sol incendeia as casas e o mundo.

Distingue bem as tuas mãos

arrasta a tua alma

até ao infinito…

Juntos revivamos

o alvorecer da nossa fé nupcial

como naquele dia…



publicado por assismachado às 07:53
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds