ESPAÇO COLECTIVO ARTISTICO E CULTURAL - COORDENADO PELA POETISA AMÉRICA MIRANDA - E ONDE SE INSEREM AS CONTRIBUIÇÕES DE TODOS OS TERTULIANOS, TANTO EM VERSO COMO EM PROSA, COM O OBJECTIVO DE DIVULGAÇÃO E HOMENAGEM AO GRANDE POETA ELMANO SADINO !
Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2007
OS AMIGOS DE ITÁLIA - ACADEMIA INTERNAZIONALE "IL CONVIVIO"
PERLE DI SOLE
“A MIO PADRE”

Di
Giovanni Formagio

E dentro di me
e vibra com tenerezza
como il fruscio di betulle e salici piangenti
la tua vita.
Vivo
come un cespuglio di rododendri in fiore
che strappa al cielo perle di sole
è scrito qui, nele vene,
il rumore dei tuoi passi
di montanaro mai stanco.
Stupendi
come l’ alba che gioca
con la rugiada sui petali dei fiordalisi,
sono qui, nella rodura dell’ anima
i giocattoli di legno
plasmati com le tue mani
per farmi bambino felice.
È qui, nel cuore
racchiusa in un abbraccio infinito e leggero
la tua figura di vecchio sofferente
con le muie poesie sulle ginocchia
e un rigo di pianto.
Padre
hai accompagnato sottovoce i miei anni:
grande come l’ immensità del mare.
Vorrei gridare al tempo di fermarsi
perché non si spenga il dialogo
che nutre lo sorrere di questa mia vita
che continua la tua.

*

PÉROLAS DE SOL
«AO MEU PAI»

Por
Giovanni Formaggio

Está dentro de mim
e vibra com ternura
como o roçar das bétulas e dos salgueiros
a tua vida.
Vivo
como um arbusto de encaracoladas flores
que rouba ao céu pérolas de sol
está escrito aqui, mais que visto,
o rumor dos teus passos
de montanhês nunca fatigado.
Fantásticos
como a aurora que brinca
com o orvalho das suas pétalas floridas,
estão aqui, na raiz da alma,
os brinquedos de madeira
moldados pelas tuas mãos
para me fazer menino feliz.
Está aqui, no coração,
abrigada num abraço ténue e infinito
a tua imagem de velho sofredor
com a minha poesia prostrada
e um fluxo de lágrimas.
Pai
acompanhaste em silêncio meus anos:
sublime como a imensidade do mar.
Chamarei a tempo de parar
porque não se apaga o diálogo
que alimenta o deslizar desta minha vida
na continuidade da tua.


**


publicado por assismachado às 19:57
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A VOZ POÉTICA DOS TERTULI...

TERTULIANOS LAUREADOS - M...

A TERTÚLIA NO FACEBOOK

POEMAS DE GOETHE

O SÉCULO DE BOCAGE

POETAS DO FUTURO

OS AMIGOS DE ITÁLIA

TERTÚLIA ANUAL DE HOMENAG...

COLABORAÇÃO POÉTICA

TRIBUNA DOS TERTULIANOS

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2012

Maio 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Dezembro 2009

Setembro 2009

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds